segunda-feira, 2 de abril de 2007

com vocês, o filhão PEDRO:

O texto a seguir é do Especial de Dia das Mães que o site Ego publicou em 2006. Apesar de a matéria já ter um ano, postamos aqui porque sabemos que o maior orgulho e a maior alegria da Christine e do maridão Floriano é esse menino lindo aí: o Pedro, de 03 anos.
As fotos são o pretexto ideal para todos nós babarmos nessa criança linda e nos alegrarmos com a alegria dessa família que amamos:


(ps. clique em cima das imagens para ampliá-las e ler as legendas))


O amor de Christine Fernandes por Pedro

Christine Fernandes encontrou na maternidade a fonte de sua alegria. Desde o nascimento de Pedro, a atriz tornou-se menos arraigada a pré-conceitos, e passou a viver o presente com muito mais intensidade.

“Não gasto mais tempo com programas, pessoas ou pensamentos que não acrescentem nada. Fiquei mais seletiva em relação a como gasto meu tempo e a maternidade me trouxe qualidade de vida e de pensamento”, derrama-se.

A atriz, no entanto, fala com realismo sobre a maternidade. Ela admite que ser mãe também consome e dá trabalho. “Além da parte boa, tem também a angústia, a preocupação e, é claro, o cansaço. Meu conselho às mães que estão prestes a dar à luz é: durmam muito!”, sugere, bem-humorada.

Christine conversou com EGO sobre os melhores momentos de sua vida como mãe de Pedro. Confira:

O que mudou...
Depois do primeiríssimo momento que é caótico, aprendi muitas coisas e continuo aprendendo diariamente. Com ele e também a partir da existência dele. Me tornei mais flexível. Além do que minha capacidade de amar só se expande a cada dia.

Momento inesquecível
Impossível dizer uma. É um conjunto de vivências que torna a maternidade o que é, sagrada.

Motivo de felicidade
A certeza de que meu filho terá sempre saúde. Ah, e olhar meu filho sorrindo pra mim, cheio de saúde, todo esperto, crescendo e se tornando um ser humano legal. Saber que como mãe posso ajudá-lo, guiá-lo na jornada dessa vida é o grande prazer.

De mãe para mãe
Eu e minha mãe somos muito diferentes, no entanto, ela é uma pessoa extremamente correta e me deu o senso ético que é tão forte em mim, e que acho que Pedro também herdará.

De mãe para filho
Pedro herdou de mim a curiosidade, e personalidade forte misturada com uma certa doçura. Vejo muito de mim nele.


fonte: http://ego.globo.com/Entretenimento/Ego/Noticias/0,,AA1195569-5877,00.html
data: 12/05/2006

2 comentários:

beatriz_prestes disse...

e eu tive o prazer de conhecer esse garoto que a coisa mais fofa q eu já vi nesse mundo...me apaixonei!!!!! =)

Vera disse...

Lindinho, loirinho de cabelinho cacheado, muito fofo!

:)